ASPAS promove 2º encontro de quadrinistas com a lenda Trina Robbins

No dia 28 de setembro a quadrinista norte americana Trina Robbins e diversas quadrinistas brasileiras farão uma apresentação sobre suas experiências na área. O evento será na ECO – UFRJ/Campus Urca das 10h às 12h, será aberto ao público, mas apenas as quadrinistas previamente inscritas apresentarão seus trabalhos. A primeira edição do encontro foi em 2015 na Gibiteca Henfil.

Após o encontro a artista norte americana estará presente a partir das 19h na Livraria Blooks.

Trina Robbins é um dos maiores ícones feministas quando o assunto são quadrinhos. Nos anos 80 trabalhou na HQ Misty, qual era sobre uma jovem que queria trabalhar com moda, mas antes fez capas e ilustrações para o jornal feminista It Ain’t me, Babe, lançou sua primeira HQ chamada Girl Fight e foi uma das produtoras do livro All-Girl Thrills. Ela também desenhou a Mulher Maravilha, mas há cerca de 30 anos não faz mais quadrinhos, desde então foca nas pesquisas de HQs e já lançou mais de 10 livros sobre.

Quadrinistas confirmadas


Aline Lemos – Faz quadrinhos desde 2013, Mestre em História e colaboradora nos sites Lady’s Comics e Marsam Graphics.

Beliza Buzollo – Publicitária e autora do Na Ponta da Língua, tirinhas sobre humor e ativismo feminista e LGBT.

Catia Ana Baldoino  – Mestranda em Estudos Literários.Publicou de 2010 a 2016 a HQtrônica O Diário de Virgínia que concorreu em 2011 e 2015 ao Troféu HQmix na categoria webquadrinhos. 

Crau da Ilha –  Quadrinista com mais de 40 anos de carreira, em 2013, editou a revista-livro As Periquitas, que chegou a ser indicada para o Prêmio HQ Mix, Publicação de Humor Gráfico de 2014. 

Jéssica Azevedo – Museóloga, roteiristas desenhista e Colaboradora do blog Delirium Nerd.

Luli Penna – Foi a primeira mulher a publicar um cartum político na Folha de São Paulo. Autora da HQ Sem Dó, que será lançada em outubro pela Editora Todavia.

Rebeca Silva – Trabalha com ilustração e quadrinhos e em 2016 publicou seu primeiro livro totalmente independente chamado Submodos

Thais Linhares – Quadrinista roteirista. Sua obra Illuminuras venceu o prêmio Jabuti em 2016 e o Prêmio White Ravens em 2015. Também faz parte dos coletivos feministas Revista Periquitas e ilustradora do Slam das Minas RJ.

 

Comentários

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>
*
*