Never Die Club – O Anti-Buda de Havana

Never Die Club – O Anti-Buda de Havana

Quadrinho sobre imortais e herdeiros de uma ordem medieval se passa em Havana, Amsterdam, São Paulo e Paris, e conta com roteiro de Marcello Fontana e desenhos de Thony Silas.

O Never Die Club é um thriller de ação com roteiros de Marcello Fontana (São Jorge da Mata Escura, Máquina Zero) e arte de Thony Silas (Arlequina, Capitã Marvel, Inumanos). O álbum impresso, que busca apoio pelo Catarse, terá 84 páginas em formato álbum com miolo em papel couchê 115gr e capa em papel supremo 250gr. Além da história principal, com 52 páginas, terá uma história curta, extras e galeria de convidados.

Sinopse

Uma guerra silenciosa é travada há séculos. De um lado, os imortais e, de outro, herdeiros de uma ordem medieval. Mas seria a imortalidade real ou uma terrível metáfora para um grupo que há séculos subjuga secretamente a humanidade?

Em meio à guerra estão nossos personagens centrais: Tristan, o propositadamente ineficiente hitman dos imortais e Venus´ Garden, uma imortal que pretende viver uma história de amor com um cara normal. Mas este tabuleiro tem mais do que espaços pretos e brancos. Nem sempre as peças se movimentam conforme as regras e apenas um peão pode mudar todos os rumos da partida. Um triângulo de amores, traições e vinganças se fecha nas ruas de Havana, Amsterdam, São Paulo e Paris, mostrando que, no Never Die Club, viver para sempre pode ser um fardo pesado a se carregar.

A campanha

O Never Die Club está em pré-venda através da plataforma de financiamento colaborativo, Catarse. Quem apoiar por lá vai poder adquirir seu exemplar com desconto, além de ter a oportunidade de levar outras recompensas que só vão estar disponíveis durante o período de pré-venda, como posters com arte de grandes nomes dos quadrinhos brasileiros (Vitor Cafaggi, Caio Oliveira, Abel, Wendell Cavalcanti e outros) e artes originais.

Equipe

Marcello Fontana (criador – escritor)

Criador independente de quadrinhos, roteirista, tradutor e contista. Roteirizou a graphic novel São Jorge da Mata Escura (2011), indicado ao Troféu HQ Mix e selecionado pelo Festival de Angouleme na categoria Quadrinhos Independentes, co-editor, roteirista e tradutor nas duas edições da antologia internacional Máquina Zero (2013 e 2015), cuja primeira edição também foi selecionada pelo Festival de Angouleme na categoria Quadrinhos Independentes. Tradutor de Tiki, de Berardi e Milazzo (2015). Roteirista do álbum Valkíria – Olhos de Cristal (2016). Atualmente, além do Never Die Club, também trabalha em dois outros álbuns, Ferramenteiros 1972 e o infantil Alumiá.

Thony Silas (desenhista)

Desenhista profissional atuante no mercado norte-americano desde 2012, atualmente agenciado pelo Chiaroscuro Studios. Trabalhou com personagens omo Spiderman, Daredevil, Harley Quinn, Capitan Marvel, Inhumans, Batman Beyond,Justice League e vários outros. Também participa de projetos autorais pelo selo Ueon Productions, por onde já lançou dois volumes da graphic novel A Noiva.

Paulo Torinno (colorista)

Artista digital, bacharel em design gráfico. Atua em com colorização digital, character design e ilustração editorial. Nos quadrinhos, participou das antologiasTudo Com Farinha (2012) e Ozadia (2013). Ilustrou o livro Araruama – O Livro das Sementes (2017), de Ian Fraser. Atualmente trabalha como diretor de arte no Split Studio.

Mano Araújo (arte-finalista)

Professor de arte-final do Curso Daniel Brandão e co-fundador do HCast, é arte-finalista desde de 2010, possui trabalhos feitos para publicações no Brasil, Austrália e Estados Unidos em títulos como Capitão Rapadura, Zombie Cities e Kuruz Comics.

Elton Thomasi (arte-finalista)

Ilustrador, desenhista e arte-finalista, participou de duas edições da antologia Máquina Zero e lançou seu álbum autoral, Iguarias. Nos EUA ilustrou os títulos Marshall Strong, Super Zombies, True Hero Mutation, Killher e Bang e contribuiu no The Sakai Project, da Dark Horse.

Alex Lins (desenhista)

Nascido em Salvador/BA, estudou design gráfico e atualmente trabalha nos EUA, atuando no Studio Again de design e filmes, em NYC. Recentemente passou a se dedicar também aos quadrinhos, sua paixão de longa data, escrevendo e desenhando histórias curtas. Em 2015 publicou na antologia Máquina Zero. Nos últimos meses vem se dedicando a arte do Never Die Club.

Laís Bicudo (colorista)

Artista digital, bacharel em Artes Visuais. Atua como ilustradora para o mercado editorial e didático . Também é professora de pintura digital na Escola de Artes Ânima.

Comentários