Quadrinho inusitado une os universos de Dragon Ball e Pokémon

Quadrinho inusitado une os universos de Dragon Ball e Pokémon

Pokéball Z Super foi criado por Renato Betinho e mistura os universos de Dragon Ball e Pokémon. O quadrinho está com uma campanha flexível no Catarse até 1º de setembro e pretende arrecadar R$ 14.500.

A história começa com um vilão que juntou as 7 esferas do dragão e um dos seus pedidos é voltar 30 anos no tempo para matar o herói principal enquanto ainda era um bebê. Pedido impossível para o dragão realizar, mas ele cita uma criatura de outro planeta com a habilidade de viajar no tempo. Então o vilão parte numa jornada para encontrar esta criatura.

Em 2013 Betinho estudava no Estúdio Lucidi fez um desenho com elementos de Dragon Ball e Pokémon. Lucidi, diretor do estúdio, gostou da ilustração e pediu para que ele fizesse outros. Em 2014 o autor lançou um livro independente com uma série dessas ilustrações e tirinhas. Agora em 2017, Betinho e Lucidi pretendem lançar uma história em quadrinhos com 18 páginas contando o início deste inusitado crossover. Além da história em quadrinhos, a edição também contará com diversas ilustrações das duas sagas totalizando 56 páginas. O roteiro e desenhos são de Lucidi e as cores de Betinho.

Prévia de PokéBall Z - Plano Nove

Prévia de PokéBall Z

Não se trata de um crossover oficial. Nintendo, Akira Toriyama ou Toei Animation não estão envolvidas neste projeto, mas segundo os autores a obra está dentro da lei. Eles dizem que PokéBall Z segue a lei nacional 9610/98 Art. 47 de Direitos Autorais: “São livres as paráfrases e paródias que não forem verdadeiras reproduções da obra originária nem lhe implicarem descrédito.”. Como é mostrado na página do projeto no Catarse: “O livro PokéBall Z tem ilustrações e uma história em quadrinhos que são fanarts dos artistas Betinho e Lucidi, não são reproduções das obras originais e nem retratam essas obras de maneira desrespeitosa.”.

Comentários