Enfrentar monstros num farol é mais fácil que terminar um namoro

Era para ser uma história sobre monstros e faróis. Virou a história de uma moça que queria terminar um namoro, mas não sabia como. Esta é a sinopse de Dias Interessantes de Liber Paz.

Dias Interessantes
Roteiro: Liber Paz
Arte:Liber Paz
Capa: Liber Paz

Dias Interessantes se passa em Curitiba e foca no casal Sabine e Chris. Ela está bem animada com uma bolsa de estudos na Inglaterra, focada em crescer profissionalmente, se diverte com as amigas e no momento não dá muita atenção para seu namoro. Sabine é uma pessoa determinada que faz as coisas acontecerem. Ele escreve quadrinhos, mas não parece se esforçar nisso, seu círculo de amigos soa tedioso e lá no fundo ele percebe que seu relacionamento não vai muito bem, só que não toma nenhuma atitude para resolver. Chris é um banana!

Ela vai se mudar e por isso quer terminar o namoro, por mais que machuque terminar uma relação a solução aparentemente é bem prática: termina, os dois sofrem com o término, mas em algum tempo a ferida cicatriza.Tanto as amigas da Sabine, quanto os amigos do Chris, falam sobre como seria se o casal terminasse, elas seguem uma abordagem do tipo “a vida que segue” já eles se preocupam com o estado “bad vibes” que o Chris irá entrar se o namoro acabar. E ponto alto de Dias Interessantes são as consequências dos atos de antes do casal terminar.

Sabine fala que não tem nem mais vontade de beijar o Chris e que a mudança para Inglaterra é um fator decisivo para o término, mas ela não quer ver ele sofrer e acha que ele também não percebe o que está acontecendo. Quando Sabine descobre que conseguiu a bolsa, passa uma noite com o Chris e a partir de que a coisa só piora e a história fica mais interessante. O casal se afasta de vez, mas seguem como um casal, Chris insiste em fazer contato e é só ignorado. Sabine está grávida e não quer ter o filho.

Falta de diálogo, traição e aborto. Elementos que enriquecem o ótimo roteiro escrito por Liber Paz. Na maioria das páginas o leitor tem simpatina pela Sabine, em meia dúzia delas a torcida passa a ser para o Chris. A falta de comunicação é o primordial para que a história do casal desandar de vez. O que Sabine passa é uma carga muito maior que a do Chris, mas em Dias Interessantes os personagens não são julgados por suas atitudes, vai muito do leitor tirar suas conclusões sobre as consequências das ações dos protagonistas. Embora eu ache o Chris um banana, reforçando o que escrevi no começo deste texto.

O gibi conta com diversas referências musicais, da cultura pop e de regiões centrais de Curitiba. A música é muito presente, desde canções do David Bowie até um breve diálogo elogiando um clipe da Valesca Popozuda. Sandman, Transformers, Batman e O Incrível Mundo de Gumball aparecem de alguma forma na história. Para os curitibanos são citados o Terminal Guadalupe e o Bar do Simão.

Vale destacar dois momentos, primeiro a passagem da Sabine com sua amiga Cati na clínica de aborto. Cati não fala muito sobre como conhece o lugar, mas em um breve dialogo Sabine fala sobre a estranha sensação após ter feito o procedimento e Cati diz que sabe como é. Apenas dois quadrinhos no final de uma página trazem um peso narrativo imenso. Quando Cati diz “Sei.” temos acesso a uma história que é contada, mas temos noção do que aconteceu. Os quadrinhos seguintes das amigas se apoiando é lindo, tal como em quase todos os quadros que mostram apenas elas. O segundo é o soco da Sabine bem dado no Chris.

Dias-Interessantes-Plano-Nove

Dias Interessantes foi o segundo quadrinho publicado por Liber Paz, o primeiro foi As Coisas que Cecília Fez. Liber ganhou em 2009 um troféu HQ Mix por sua tese de mestrado sobre a análise da obra de Lourenço Mutarelli.

Por Tissy Moraes

Leia também: As Empoderadas são as heroínas com a cara das brasileiras

Comentários